VOLTAR

Pivetta quer criar MT-030 ligando Cuiabá a Chapada

Folha da Chapada - http://folhadachapadamt.blogspot.com
29 de Mai de 2008

O deputado estadual Otaviano Pivetta (PDT) apresentou, durante a sessão ordinária desta quinta-feira (29.05), um projeto de Lei que visa a criação da MT-030, interligando Cuiabá e Chapada dos Guimarães. A nova rota prevê a diminuição da distância rodoviária entre as duas cidades e de impactos ambientais no Parque Nacional.

Hoje, o percurso interligando Cuiabá e é feito por exclusivos 64 quilômetros, pela rodovia estadual MT-251. A nova rodovia proposta por Otaviano Pivetta, que presume reduzir em aproximadamente 20 quilômetros esse trajeto, iniciará na avenida Miguel Sutil, em Cuiabá e vai até a subestação da Rede Cemat em Chapada dos Guimarães.

O deputado explica, que a nova rota evita o Parque Nacional. Assim, ameniza os impactos ambientais oriundos de trafego pesado, oferecendo uma alternativa adequada para a movimentação das cargas procedentes de Chapada dos Guimarães e de Campo Verde rumo ao Distrito Industrial de Cuiabá.

Tráfego que promete ser mais intenso no futuro, já que a região contará com a movimentação do Terminal Ferroviário da "Ferronorte", que será instalado nas imediações do próprio Distrito Industrial de Cuiabá. A MT-030, ainda servirá como alternativa para desafogar o trecho da rodovia BR-070/163/364, localizadas entre a serra de São Vicente e Cuiabá.

"A nova rodovia ainda vai fomentar o desenvolvimento agrícola e pecuário do relegado bolsão da região leste da Baixada Cuiabana", concluiu o deputado sobre a importância da nova rota.
Conforme o projeto de Otaviano, o quilômetro zero da MT-030 ficará na avenida Miguel Sutil, próximo a subestação da Rede Cemat, no bairro Barro Duro.

A rodovia ainda passará pela avenida João Gomes Sobrinho e seguirá o curso do linhão de energia elétrica até a subestação da Rede Cemat, em Chapada. Contudo, para a execução da obra será preciso vencer um grande obstáculo, alerta o parlamentar, "um desnível empinado de aproximadamente 700 metros entre as cidades de Cuiabá e de Chapada dos Guimarães".

Outro benefício que a nova via trará, ressalta Otaviano Pivetta, será a possibilidade de oferecer um tratamento diferenciado à rodovia atual, como o controle de entrada e saída, podendo ampliar as áreas de lazer e recantos agradáveis dentro do Parque Nacional. "Em suma, a MT-030 trará amplas vantagens na preservação do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, à população da Baixada Cuiabana e será uma alternativa mais segura para desafogar o fluxo de carros".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.