VOLTAR

Pesca predatória revolta Munduruku

O Liberal
16 de ago de 1989

Cerca de 300 índios Munduruku, em trajes de guerra, acamparam na vila de Jacareacanga, município de Itaituba, para protestar contra a invasão de sua reserva por pescadores brancos. A fiscalização é feita pelos próprios índios, já que a Funai tem poucos funcionários da região.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.