VOLTAR

Pastor retorna aos EUA sem depor sobre matança

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
04 de jun de 1968

Pastor adventista responsável pela denúncia do massacre aos índios Tapayuna retorna aos EUA sem prestar depoimento. Segundo o missionário, funcionário da SUDAM estariam atacando os índios na região do rio Arinos, em Mato Grosso.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.