VOLTAR

Passarinho denuncia que missões religiosas são ameaça à Amazônia

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
26 de jun de 1991

A entrada de missões religiosas na Amazônia a pretextos de preservar a população indígena foi denunciada pelo ministro da Justiça, Jarbas Passarinho, como um dos fatores que o levam a pensar na ameaça de internacionalização da Amazônia.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.