VOLTAR

Parques estaduais receberão investimento de US$ 15 milhões

OESP, Geral, p. A11
26 de nov de 2003

Parques estaduais receberão investimento de US$ 15 milhões
Verba do BID e do governo estadual vai beneficiar Vale do Ribeira e Ilhabela

O governador Geraldo Alckmin sancionou ontem projeto de lei que autoriza o Estado a contrair empréstimo de US$ 10 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para executar o programa Desenvolvimento do Ecoturismo na Região da Mata Atlântica, da Secretaria do Meio Ambiente. "Serão mais US$ 5 milhões em contrapartida do governo estadual a serem investidos no Vale do Ribeira e no Parque Estadual de Ilhabela", disse o secretário do Meio Ambiente, José Goldemberg.
O financiamento do BID, que tem prazo de quatro anos, visa a melhorar a infra-estrutura dos cinco mais importantes parques do Vale do Ribeira, além do Parque Estadual de Ilhabela. "Vamos encorajar a construção de pousadas nos municípios, estradas de acesso, abrir trilhas e criar condições para que esses parques passem de 167 mil visitantes ao ano para 250 mil ainda neste governo", afirmou Goldemberg.
No Vale do Ribeira, o dinheiro será investido nos Parques Carlos Botelho, cuja área se espalha pelos municípios de Sete Barras, São Miguel Arcanjo, Capão Bonito e Tapiraí; Intervales (cidades de Guapiara, Iporanga e Sete Barras); Ilha do Cardoso, em Cananéia; Estadual Turístico do Alto Ribeira, o Petar (municípios de Iporanga e Apiaí); e Estadual de Jacupiranga (municípios de Jacupiranga, Barra do Turvo, Iporanga, Eldorado, Cananéia e Cajati). O objetivo é garantir que esses equipamentos e o parque de Ilhabela tenham bares, banheiros e lanchonetes, como ocorre no Horto de Campos do Jordão, serviço personalizado de atendimento ao turista e visitas guiadas.
"Afinal nossos parques são magníficos e servirão para grande atividade de ecoturismo", disse Goldemberg.
Segundo o secretário, a iniciativa do governo vai permitir a abertura de 5 mil empregos diretos. Apesar de ser uma das regiões mais pobres do Estado, o Vale do Ribeira abriga a maior área da preservação da mata atlântica do País e tem uma das maiores concentrações de cavernas da América Latina.

OESP, 26/11/2003, Geral, p. A11

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.