VOLTAR

Os Guarani vivem na Aldeia da Saudade

Jornal do Campus (São Paulo - SP)
19 de abr de 1993

Em visita a aldeia Morro da Saudade, na TI Tenondé Porã, verifica-se o ritmo de vida cotidiana dos guarani que ali vivem: o que comem (a maior parte comprado na cidade), o que fazem os homens, as mulheres e as crianças. Afirma que o socialismo existe entre os índios, onde as crianças aprendem a dividir os brinquedos e as comidas. Também conta a relação com o sexo que eles verificaram.
É nessa mesma aldeia que passará a funcionar a primeira escola indígena do Brasil, com a presença de professores e alunos indígenas. Também se dará a inauguração do Centro de Cultura Indígena Guarany Ambá-Arandu.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.