VOLTAR

Olympio afirma que Funai é coerente

Jornal de Brasília, p. 5 (Brasília - DF)
24 de jan de 1979

Reportagem sobre a demissão do sertanista e antropólogo Olympio Serra da Divisão de Pesquisa da Funai pelo presidente Ismarth de Oliveira. Olympio criticou as novas medidas adotadas pela gestão da Fundação e acusou publicamente a instituição e algumas de suas práticas. Ismarth de Oliveira, por sua vez, veio à público criticar as declarações de Olympio e sua "desobediência". O Cimi e a Comissão Pró-Índio também se posicionaram, através de uma nota pública, contra a demissão do sertanista.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.