VOLTAR

Oferendas indígenas

A Crítica - http://www.acritica.com.br
Autor: Lane Lima
13 de mar de 2010

No Alto Rio Negro, diferente tribos indígenas se reúnem para trocar oferendas e dançar como forma de integração. Esta manisfestação cultural intercomunitária, conhecida como "Dabukuri", é tema do novo documentário dirigido por Cleber Sanches, que está em fase de finalização.

Segundo o cineasta, o filme tem como objetivo deixar um registro da festa pouco conhecida no Brasil e no mundo. "Acredito que a maior contribuição deste filme está no registro de uma atividade cultural marcante dos índios da Amazônia, praticamente desconhecida e sem nenhum registro fílmico. Assim, creio que cumpro com meu papel de cineasta e de cidadão". E destaca: "É importante lembrar que essa manifestação cultural tende a se extinguir, segundo depoimentos dos próprios índios, constantes do filme", afirma Cleber Sanches.

Contato

Ele conta que a ideia de produzir o documentário surgiu a partir de um trabalho realizado para a TV Cultura. "Venho amadurecendo esta proposta desde quando produzi a minissérie 'Amazonas, a lenda', quando tive contato com índios de várias etnias, do Alto Rio Negro como tukanos, tarianos, dessanas, piratapuias e wananas. Registrei durante as filmagens, naquela oportunidade, um dabukuri, isso em 1998", revela o diretor. "Agora, neste documentário homônimo, apresento boa parte das imagens capturadas naquela ocasião, com a inserção de novas imagens compostas por entrevistas com indígenas residentes ou de passagem por Manaus", diz.

Festejo ímpar

O filme independente, que leva a voz do indígena Jair Saldanha e narração de Geísa Fröhlich, inicia no meio do caos onde a voz de um índio ecoa no espaço em idioma tukano, onde ele fala sobre a criação do mundo. "A imagem vai aproximando o planeta, até chegar à Amazônia e faz um sobrevoo mostrando a grandiosidade da floresta com suas belezas. Um índio sobe numa árvore imensa. Um narrador explica aos expectadores todos os acontecimentos", adianta o cineasta. Cleber comenta que o material explica, passo a passo, o que é o Dabukuri. "São mostradas as danças características daqueles povos, a vida numa aldeia indígena e suas relações com os outros grupos, praticadas durante o Dabukuri, a única forma de integração coletiva dos povos do Alto Rio Negro, dentro da maior selva tropical do planeta", revela.

Cleber adianta que "Dabukuri", com produção assinada por Yuri César, Isabel Alegria e Dina, assim que for finalizado, será inscrito em festivais nacionais. O próximo trabalho do diretor já está em fase de pré produção. Trata-se de um longa-metragem de animação, "Amazônia, mitos e lendas", previsto para realização no próximo ano.

http://www.acritica.com.br/content/not-detail_busca.asp?materia_id=1576…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.