VOLTAR

O ritual dos Yanomami

O Estado de S. Paulo (São Paulo - SP)
18 de dez de 1972

Padre João conta um pouco da sua relação com os índios Yanomami de Roraima. Para ele, é preciso respeitar o modo de viver: ele não introduziu a roupa nem armas de fogo, pois acredita que os índios não tem necessidade disso. Ele respeita o uso de substâncias mágicas, como o curare, já que são plantas usadas para fins ritualísticos. Pela primeira vez, após 4 anos de contato, ele conseguiu fotografar um ritual, em consequência da intimidade que vai ganhando entre os Yanomami.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.