VOLTAR

O nascimento da florestania

Correio Braziliense
Autor: Cristina Ávila
14 de fev de 2000

No Acre, o governo do Estado conseguiu inverter o movimento populacional. Quem antes saía da floresta para inchar a periferia da capital agora faz o caminho inverso.

No Amapá, extrativistas, que antes viviam abandonados à miséria, voltam a produzir, seus filhos têm escola, e o país poderá consumir produtos nativos que hoje só existem na França.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.