VOLTAR

O Morro do Osso, em Porto Alegre, é de todos!

Consumidor RS - http://www.consumidorrs.com.br/
14 de dez de 2010

Em todas as ações judiciais sobre a posse do Parque Natural Morro do Osso, a Justiça está reconhecendo que se trata de área pública que não pode ser ocupada

Atualmente, tramita mais um recurso no Superior Tribunal de Justiça, que já teve um dos votos favorável à Prefeitura de Porto Alegre.
O Morro do Osso foi tomado por integrantes da comunidade indígena caingangue em abril de 2004. Em julho de 2005, por exigência do vereador Beto Moesch, então secretário municipal do Meio Ambiente, a Prefeitura ajuizou uma ação de reintegração, alegando risco de dano ambiental no local. "A área possui vegetação remanescente da Mata Atlântica, que precisa ter sua preservação garantida, além de ser um local público", argumenta Moesch.

Desde então, as terras vêm sendo alvo de uma batalha legal entre o Município versus a Fundação Nacional do Índio, o grupo indígena e o Ministério Público Federal.

Fonte: Vereador Beto Moesch
Autor: Assessoria de Imprensa
Revisão e Edição: de responsabilidade da fonte

http://www.consumidorrs.com.br/rs2/inicial.php?case=2&idnot=13471

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.