VOLTAR

O índio brasileiro está condenado a desaparecer em menos de 50 anos

Diário Popular (São Paulo - SP)
Autor: BUDWEG, Heinz
16 de Out de 1985

Entrevista do jornal Diário Popular com o pintor alemão Heinz Budwed sobre a questão indígena. Budweg criticou a política indigenista brasileira, afirmou que os povos indígenas estão condenados a desaparecer e que deveriam ser definitivamente integrados à sociedade nacional, de forma a tornarem-se "civilizados" e não mais "primitivos". Teceu ainda comentários sobre a Funai, que, embora tenha criticado, não considera de todo ruim. Defendeu também o fechamento completo das TIs e o controle do acesso a esses povos por parte do órgão indigenista.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.