VOLTAR

Nove reféns no Amapá

CB, Brasil, p. 11
05 de jul de 2006

Nove reféns no Amapá

Nove funcionários da Funasa são mantidos reféns desde segunda-feira pelos índios karipunas, na aldeia do Manga, município de Oiapoque, 600km de Macapá (AP).Os servidores só serão liberados quando a Funasa fizer o depósito de R$ 1,6 milhão, na conta da Associação dos Povos Indígenas do Tumucumaque (Apitu). O valor é referente a primeira parcela de um convênio de R$ 3,1 milhões para desenvolver ações básicas de saúde nas aldeias indígenas, como compra de medicamentos, alimentação para os indígenas doentes, combustível para transportar os doentes da aldeia para Macapá, aluguel de aeronaves para o transportes de doentes do Tumucumaque para a cidade e o pagamento dos agentes de saúde, que estão há três meses sem receber salários.

CB, 05/07/2006, Brasil, p. 11

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.