VOLTAR

Novas trilhas são abertas no Parque Estadual da Restinga de Bertioga (PERB)

G1 - http://g1.globo.com/
Autor: Prefeitura de Bertioga
08 de mar de 2019

Novas trilhas são abertas no Parque Estadual da Restinga de Bertioga (PERB)
08/03/2019 16h47

Por Prefeitura de Bertioga

Com este avanço, Cidade caminha para se tornar um dos principais destinos de ecoturismo do Estado

Novas trilhas são abertas no Parque Estadual da Restinga de Bertioga (PERB) Novas trilhas são abertas no Parque Estadual da Restinga de Bertioga (PERB)
Divulgação Prefeitura de Bertioga

Cachoeiras, rios, montanhas, praias e rica biodiversidade esperam os amantes de natureza e aventura no Parque Estadual da Restinga de Bertioga (PERB). Diversas trilhas ecológicas do PERB já estão oficialmente abertas à visitação monitorada. Além do próprio passeio, as trilhas dão acesso a atividades como rapel, rafting, trekking, tirolesa, observação de aves, expedições fotográficas e outras que serão gradativamente implantadas.

A aprovação do Plano de Manejo do PERB foi imprescindível para a liberação das novas trilhas. Graças a este passo importante, o número de trilhas autorizadas saltou de duas para 23 no total.

Um avanço muito importante para a Cidade, que agora caminha para se tornar um dos principais destinos de ecoturismo do Estado. A conquista é fruto de parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura, e a Fundação Florestal.

Numa primeira fase, entrarão em operação as seguintes trilhas: Guaratuba, Torre 47, Itatinga, Vale Verde, Casa de Pedra do Rio Itapanhaú, Véu da Noiva, Família Pinto, Garganta do Gigante, Itaguaré, Ribeirão dos Monos e Morro do Itaguá (Aeromoças).

Os trajetos serão acompanhados pela Associação Bertioguense de Ecoturismo (Abeco) e pela Associação de Monitores Locais (Amolb). As entidades assinaram o termo de autorização de uso, após participarem de chamamento público e cumprirem os requisitos exigidos pela Fundação Florestal para exploração das trilhas.

Como contrapartida, as associações devem realizar, entre outras obrigações, o controle de acesso, limpeza e manutenção das trilhas, dispor de monitores capacitados e garantir a segurança dos visitantes. Além disso, elas devem oferecer a gratuidade dos serviços de monitoria ambiental a alunos e professores de escolas públicas e promover serviços voluntários de melhoria no parque.

O diretor executivo da Fundação Florestal, Rodrigo Levkovicz, destacou que a parceria é de grande importância, pois garante o uso público das trilhas, traz segurança aos visitantes, gera receita para a comunidade do entorno, reduz o gasto público, resultando em mais eficiência à gestão do Parque.

Para o secretário municipal de Turismo, Esporte e Cultura, Ney Carlos da Rocha, a operação das trilhas do PERB representa um passo importante para o desenvolvimento do ecoturismo em Bertioga.

"A abertura do Parque marca a conclusão de dois anos de trabalho árduo dos técnicos da Prefeitura e traz a perspectiva de uma nova expansão do Turismo no Município. Tenho certeza que Bertioga se transformará no principal polo de ecoturismo do estado. A expectativa é que milhares de pessoas visitem as trilhas do PERB ao longo deste primeiro ano de operação", afirmou.

Segundo o diretor de Turismo do Município, Filipe Sofiati, abrir o parque à visitação significa geração de emprego e renda, utilizando todo o potencial ecológico e natural em benefício dos moradores de Bertioga e dos turistas.

SOBRE O PARQUE

O PERB é a reserva natural de restinga de maior conservação do País. Localizado a menos de duas horas de São Paulo, possui mais de 9 mil hectares, com matas intocadas, cachoeiras e rios transparentes, além de uma infinidade de espécies de aves, répteis e mamíferos, algumas delas só encontradas em Bertioga e Região. É um dos poucos parques estaduais que reúne áreas montanhosas, mangue, restinga e praia, oferecendo uma experiência única aos visitantes.

Além da paisagem deslumbrante, o PERB reserva diversas atrações ecoturísticas e esportes aquáticos, como caiaque, canoagem ou stand-up paddle.

Para realizar as atividades, os visitantes devem agendar previamente os passeios com as associações. Das 11 trilhas em operação, uma é autoguiada, a do Itaguaré, e pode ser feita com ou sem a contratação de monitores. Para realizar as demais é obrigatório o acompanhamento de profissionais credenciados.

SERVIÇO:
- Associação Bertioguense de Ecoturismo (Abeco): (13) 3317-1835
- Associação de Monitores Locais (Amolb): (13) 3317-5970

https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/especial-publicitario/prefeitura-…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.