VOLTAR

Nova expedição acaba como a de Calleri, prevê ornitólogo

Jornal do Brasil
08 de dez de 1968

Nova expedição será massacrada, pelos Waimiri Atroari, como foi a do padre Calleri, é o que prevê ornitólogo e diretor executivo da Associação de Preservação da Vida Selvagem. Para ele pacificar indígenas que a muito tempo são mortos por aventureiros é tarefa para vários anos e não dias, como quer o Departamento Nacional de Estradas de Rodagem.

Para esse diretor é necessário conceder novas terras aos Waimiri Atroari. A nova expedição montada pela Funai, dirigida pelo sertanista Gilberto Pinto Figueiredo, falhará caso não seja feito uma profundo estudo antes de começá-la e conseguir novas terras para os índios.

A associação de Preservação da Vida Selvagem é filial da Fundação Mundial de Preservação da Vida Selvagem sediada em Genebra, na Suíça.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.