VOLTAR

No Dia do Índio, a dura sobrevivência em debate

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
20 de abr de 1982

Secretário do Cimi denúncia Funai de estar estudando 'critérios sanguíneos' para estabelecer quem é e quem não é índio. A Funai desmente informação. Enquanto isso, o Cimi junto a CNBB discutem as condições de sobrevivência dos povos indígenas no Brasil, lembrando de vários casos específicos que acometem diferentes povos. A discussão também se dá através da promoção Semana do Índio e da confecção de uma Cartilha para a discussão nas escolas de 1o e 2o grau.
O Dia do Índio, em Dourados (MS) foi marcado não pela comemoração mas pela denúncia de espancamento de dois guaranis.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.