VOLTAR

Na cultura revitalizada, a resistência de um povo

Porantim
01 de mar de 1984

A notícia retoma o histórico de forte resistência do povo indígena Pankararé, que já sofreu muita repressão policial contra suas manifestações culturais, (principalmente contra o Toré), comandada por e políticos do município de Glória, na Bahia. A notícia afirma que para quem vive em Brejo de Burgo, assumir-se como indígena é um ato político, e só metade da população o faz. Muitos negam sua identidade para não sofrer ameaças de morte.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.