VOLTAR

Museu do Índio apoia a realização do I Festival da Diversidade do Rio Negro

Funai- http://www.funai.gov.br
13 de set de 2016

Um dos selecionados do Programa de Apoio a Projetos Culturais dos Povos Indígenas 2016/Museu do Índio/FUNAI, o evento reuniu representantes de 23 etnias, entre os dias 01 e 03 de setembro, no município de São Gabriel da Cachoeira (AM).

Realizado pela Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (FOIRN), com a coordenação do Departamento de Mulheres Indígenas do Rio Negro (DMIRN), o Festival apresentou diferentes formas de manifestações culturais, além de debates sobre sustentabilidade e segurança alimentar das comunidades indígenas.

As discussões também incluíram a preocupação com a valorização e a manutenção dos conhecimentos tradicionais para as futuras gerações. Houve venda de produtos da roça, barracas com comidas da culinária indígena da região, apresentações musicais e palestras com trocas de ideias e experiências.

Cerca de cem artesãos e artesãs indígenas participaram de rodas de conversa para encontrarem estratégias de promoção e comercialização de suas artes. O comércio de artesanatos indígenas é especialmente importante para as mulheres da região do Rio Negro por se tratar de sua principal fonte de renda.

O I Festival da Diversidade do Rio Negro foi patrocinado pelo Museu do Índio/FUNAI, no âmbito do Programa de Apoio a Projetos Culturais Indígenas, com apoio das Coordenações de Etnodesenvolvimento e Regional do Rio Negro (AM)/FUNAI. O orçamento contemplou a participação de artesãs, produtoras e artistas vindas das Terras Indígenas Alto Rio Negro, Médio Rio Negro I e II, Rio Téa, Yanomami, Marabitanas Cué Cué e Balaio. Em termos territoriais, somadas as terras indígenas, o alcance do Festival chega a 21,1 milhões de hectares.

http://www.funai.gov.br/index.php/comunicacao/noticias/3925-i-festival-…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.