VOLTAR

MPF investiga desmatamento ilegal em área quilombola em Goiás

Sagres Online
Autor: Da Redacao
14 de jun de 2020

O desmatamento ilegal de cerca de 1 mil hectares do território quilombola Kalunga, em Cavalcante (GO), está sendo apurado pelo Ministério Público Federal (MPF). De acordo com o órgão, a investigação começou a partir da operação desencadeada, em 4 de junho, pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Estado de Goiás (Semad) e Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), quando se identificou o crime ambiental. Segundo o MPF, foram desmatados efetivamente cerca de 530 hectares e há indícios de desmatamento de outros 267 hectares de área em propriedade particular não desapropriada e inserida no interior do território Kalunga. As investigações aponta, que o desmatamento foi feito com o uso de tratores e corrente, chamado de "correntão", considerado agressivo ao meio ambiente. A propriedade particular teria sido arrendada, em abril deste ano.

Fonte: Sagres Online. https://sagresonline.com.br/mpf-investiga-desmatamento-ilegal-em-area-q… .

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.