VOLTAR

MPF aciona a PF para averiguar sumiço de índios

Campo Grande News - http://www.campogrande.news.com.br/canais/view/?canal=8&id=271713
Autor: Aline Queiroz
02 de nov de 2009

O procurador do MPF (Ministério Público Federal), Tiago dos Santos Luz, encaminhou ofício, em caráter de urgência, no qual solicita que a PF (Polícia Federal) de Naviraí verifique "in loco" o desaparecimento de dois indígenas da aldeia Pirajuí, que sumiram após ocupação a uma fazenda perto de Paranhos.

Luz explica que a investigação do desaparecimento já estava prevista, no entanto, quer saber também como foi a ação de retirada do grupo de índios da propriedade.

Os professores indígena Genivaldo Vera e Rolindo Vera sumiram no sábado, logo após um grupo de índios invadir a propriedade.

Depois da ocupação, os índios teriam entrado em confronto com homens armados, possivelmente seguranças da fazenda. Os guarani foram expulsos da área e quatro índios se separam do grupo, dois adolescentes e os professores.

Os dois adolescentes foram encontrados na manhã desta segunda-feira, bastante machucados, mas não há pista dos professores.

A aldeia Pirajuí tem pelo menos 400 famílias e está na lista de áreas que poderão ser ampliadas após os estudos antropológicos que devem ser iniciados ainda neste ano pela Funai (Fundação Nacional do Índio).

O líder indígena Irineu Vera recebeu hoje pela manhã uma ligação na qual informavam que um dos desaparecidos poderia voltar à aldeia. Ele teria sido visto em uma estrada, no entanto, até a tarde de hoje, os dois não retornaram.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.