VOLTAR

Moradores de quilombo em Canoas recebem cestas básicas de representantes do IFRS

Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS).
Autor: Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS).
23 de abr de 2020

Na tarde desta quarta-feira, dia 22 de abril, mais cestas básicas foram distribuídas por representantes do Campus Canoas do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS). Desta vez a ajuda chegou ao quilombo Chácara das Rosas, no bairro Marechal Rondon, em Canoas. Considerado o primeiro quilombo urbano do país, em um terreno de cerca de 1,3 mil metros quadrados onde estão construídas 30 casas, vivem cerca de 80 pessoas, de acordo com a presidente da comunidade, Geane Sanchez, 32 anos. Ela conta que, com o isolamento imposto pela pandemia Covid-19, praticamente todos os moradores ficaram sem poder trabalhar.

_ A maioria atua em serviço de limpeza e, mesmo com carteira assinada, estamos recebendo só a metade do salário. Eu mesmo trabalho aqui no shopping novo e recebi pouco mais de R$ 500 este mês _ contou Geane.

A presidente disse também que os quilombolas estão tentando manter o isolamento social no terreno, mas não há como manter todos dentro de suas casas:

_ Procuramos não sair para a rua, mas circulamos pelo quilombo. Não tem como ser de outra maneira.

A comunidade fica em frente ao Parque Getúlio Vargas (Capão do Corvo), a 100 metros do Park Shopping Canoas, em um terreno de 11×120 metros entre a avenida Sezefredo Azambuja Vieira e rua Duque de Caxias. As cestas foram arrecadadas em conjunto pelo Comitê de Crise do Campus Canoas e pelo SindoIF/Andes-SN.

https://ifrs.edu.br/canoas/moradores-de-quilombo-em-canoas-recebem-cest…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.