VOLTAR

Meireles tenta encontrar substitutos dos Vilas Boas e manter índios tranquilos

Jornal do Brasil
07 de abr de 1973

O sertanista Francisco Meireles, coordenador dos trabalhos de atração de índios nas frentes da Transamazônica, seguirá segunda feira para o rio Peixoto de Azevedo, para discutir com Cláudio Vilas Boas os detalhes de sua substituição no trabalho que vem desenvolvendo junto aos índios kreen-akarores.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.