VOLTAR

Massacre no Capacete - Mirad também responsável

A Crítica (Manaus-AM)
06 de abr de 1988

Assim como a Funai, o Ministério da Reforma Agrária (Mirad) e a prefeitura municipal de Benjamin Constant (AM) também são responsáveis pelo confronto que ocorreu no dia 28 de março na localidade do Capacete, e que resultou na morte de 14 Ticuna e outros 27 feridos. A negligência em completar o processo de desapropriação das pessoas que moravam na região do Capacete foi uma das causas do conflito.
A reportagem também traz informações sobre a posição das lideranças indígenas representantes da UNI diante as diversas versões sobre o massacre do Capacete.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.