VOLTAR

Manaus sedia Curso Introdutório para Gestores de Unidades de Conservação na Amazônia

www.wwf.org.br
07 de mai de 2007

WWF-Brasil e IPÊ (Instituto de Pesquisas Ecológicas) promovem a nona edição do "Curso Introdutório de Gestão de Unidades de Conservação da Amazônia, entre 8 e 17 de maio, no Centro Mariápolis, em Manaus. Com 24 participantes, entre membros de ONGs, da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS) do Amazonas e do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), o principal objetivo do curso é capacitar gestores que possam auxiliar a consolidar as novas unidades de conservação criadas pelo Programa ARPA (Áreas Protegidas da Amazônia) e fortalecer a gestão das unidades existentes na Amazônia.

O curso aborda noções básicas e orientações para a gestão de unidades de conservação, integrando questões sociais e ambientais relacionadas à paisagem e ao contexto regionais. Durante os nove dias do curso serão abordados temas como: evolução dos problemas ambientais no Brasil e na Amazônia, legislação referente às unidades e políticas públicas.

Um dos destaques é o Ciclo de Gestão Adaptativa, que engloba planejamento, implementação e instrumentos de execução, sustentabilidade financeira e monitoramento e avaliação da gestão. As etapas deste Ciclo de Gestão orientam a realização dos programas desenvolvidos para o cumprimento de funções atribuídas às unidades de conservação, tais como: incentivar a pesquisa científica, proteger a diversidade biológica, preservar os ecossistemas e o uso sustentável os recursos naturais. Além de educação ambiental, visitação pública e turismo ecológico.

É o quarto ano consecutivo que a WWF Brasil e o IPÊ promovem os cursos de gestão de unidades de conservação, que foi elaborado com o apoio de representantes do IBAMA, do Ministério do Meio Ambiente e de OEMAs e ONGs dos estados do Amapá, Acre e Amazonas. O curso já teve edições nos estados do Amapá, Acre, Amazonas, Mato Grosso, Rondônia e Roraima. Em 2007, estão previstos mais dois cursos introdutórios, um em Rio Branco, no Acre, no mês de setembro, e outro em Santarém, no Pará, em novembro.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.