VOLTAR

Malária mata índios denis

A Crítica (Manaus-AM)
11 de dez de 1994

Quase três anos depois de ter 20% de sua população dizimada por um surto de sarampo e malária, o povo Deni se defronta com nova ameaça. A malária já atinge mais de 15% da população da área indígena Deni localizada no rio Xeruã, no município de Itamarati.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.