VOLTAR

Madeireira estrangeira cresce na Amazônia

Gazeta Mercantil, p.A8 (São Paulo - SP)
31 de mai de 1999

Dez madeireiras de capital estrangeiro já respondem por 40% das exportações madeireiras da Amazônia brasileira. A expectativa é que sua ação cresça devido à desvalorização do real e o esgotamento das florestas do Sudeste Asiático.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.