VOLTAR

Madame Ferry vai acabar no SNI porque gosta muito dos diamantes

Diário de Notícias
24 de jun de 1966

O Serviço Nacional de Informações irá enquadrar a francesa Jacqueline Ferry e seu filho Eric como contrabandistas de minério, caso se confirme que exploram diamantes em território indígena em Rondônia. Qualquer expedição para entrar em território indígena só o faz com autorização do Conselho de Proteção aos Índios.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.