VOLTAR

Lideranças Potiguara participam de atividades de mapeamento para gestão territorial e ambiental

Funai - www.funai.gov.br
19 de nov de 2010

Indígenas da etnia Potiguara estiveram, nos dias 13 e 14 de novembro, em reuniões com técnicos da Funai, nas aldeias São Domingos e São Francisco, para conhecer as etapas do trabalho de gestão territorial e ambiental que será desenvolvido, ainda neste ano, em aldeias das terras indígenas Potiguara, Jacaré de São Domingos e Monte-Mor, situadas nos municípios de Baía da Traição, Marcação e Rio Tinto, na Paraíba.

O objetivo principal do encontro é reunir informações que sirvam à elaboração do plano de gestão territorial e ambiental para as terras indígenas Potiguara, o que norteará atividades e projetos a serem apoiados com as mais diversas finalidades, como o etnodesenvolvimento, gestão ambiental e proteção territorial. As atividades serão desenvolvidas por consultores já contratados pela Funai, a partir de acordo de cooperação com a Unesco, sendo um Biólogo (coordenando a equipe técnica), uma Geógrafa e uma Antropóloga.

As oficinas de trabalho e as incursões em campo, em fase inicial, foram definidas em dois períodos:

teste

29/11 a 03/12:
Oficina de mapeamento participativo (etnomapeamento) nos dias 29 e 30 de novembro, na aldeia Monte-Mor, seguida de incursões e atividades de mapeamento em aldeias vizinhas no interior das terras indígenas Jacaré de São Domingos e Monte-Mor, nos dias 01, 02 e 03 de dezembro.

06/12 a 10/12:
Oficina de mapeamento participativo (etnomapeamento) nos dias 06 e 07 de dezembro, na aldeia São Francisco, seguida de incursões e atividades de mapeamento em aldeias vizinhas na terra indígena Potiguara, nos dias 08, 09 e 10 de dezembro.

As atividades abrangerão todas as 30 aldeias das três terras indígenas. A que concentra o maior número de aldeias, 24 no total, é a Potiguara. Para as atividades durante as oficinas, bem como nas incursões e mapeamento, serão utilizadas metodologias participativas que incluem uso de GPS, mapas, entrevistas e outras ferramentas. Para a participação, os indígenas selecionados pelas lideranças deverão ter amplo conhecimento do território e interesse pela confecção de mapas temáticos.

Servidores das Coordenações Técnicas Locais de Baía da Traição (PB) e João Pessoa (PB), com acompanhamento do Assistente Técnico da Coordenação Regional de Fortaleza (CE), também estarão envolvidos no processo. A segunda fase dos trabalhos está prevista para fevereiro de 2011, e a expectativa é que até o mês de abril todas as atividades estejam concluídas para a realização de oficina de validação das informações.

http://www.funai.gov.br/ultimas/noticias/2_semestre_2010/novembro/un201…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.