VOLTAR

Kaiapó pede para explorar madeira

Correio Braziliense (Brasília - DF)
04 de mai de 1989

Para a exploração de madeira e minério em terras indígenas, além de aprovação do Congresso Nacional - prevista no parágrafo 3 do artigo 232 da nova Constituição - as comunidades indígenas devem estar munidas de um projeto de manejo florestal elaborado por técnicos da Funai e do Ibama. Esta foi a interpretação preliminar feita pelo presidente da Funai, Iris Pedro de Oliveira, e sua consultoria jurídica, diante do primeiro pedido de renovação de contrato com madeireira depois da promulgação da Constituição, feita ontem pelo cacique Raoni, intercedendo pelos índios da aldeia Kuben Kran Ken, na reserva Kayapó, sul do Pará.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.