VOLTAR

Justiça para assassinato de líder indígena ainda é sonho

Jornal de Brasília (DF)
Autor: Katia Aguiar
01 de dez de 1984

Apesar de a arma do crime ter sido apreendida e um dos principais suspeitos ter sido detido em dois de junho, ele foi libertado dois meses depois e nenhum processo foi aberto pela justiça de Mato Grosso do Sul.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.