VOLTAR

Juruna retorna, fazendo críticas aos militares

Folha de São Paulo (São Paulo/SP)
07 de dez de 1980

O cacique xavante voltou da viagem à Holanda, onde participou do Tribunal Russell, perplexo com as condições vividas por outros povos americanos - por vezes pior que a dos brasileiros. Chocado e tendo chegado nos momentos finais do Tribunal, Juruna falou pouco, mas fez críticas aos militares no Brasil.

Mário Juruna comemora a emissão do passaporte, alega estar lutando pelos direitos indígenas e posiciona-se desfavorável à promoção da emancipação dos índios. Além disso, negou ser contra todos os sertanistas e desmentiu uma fala publicada em coluna social no Rio de Janeiro.

Na mesma notícia, consta que a Funai livra índios de garimpeiros e é sinalizada nova demarcação de terras indígenas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.