VOLTAR

Julgamento comum pode atingir índio preso na BA

O Estado de São Paulo
13 de jun de 1976

Se até julho a Funai não intervier, o índio pataxó Valdenir Ferreira da Silva, 39 anos, preso desde 01 de maio na cadeia de Porto Seguro, será levado a julgamento, acusado de ter assassinado, em 1971, o branco Firmino Batista de Brito, no povoado de Água Branca, por motivos pessoais. Quando foi feita a qualificação do acusado não se fez nenhuma referência à sua condição de índio tutelado pelo governo federal.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.