VOLTAR

Juiz garante a reserva dos índios guaranis

Folha de São Paulo (SP)
14 de mar de 1985

O juiz titular da 3ª Vara Cível de Santo Amaro, Antônio Rulli Júnior, deu na terça-feira passada a sentença de manutenção de posse aos Guarani da TI Krukutu, em Parelheiros (SP). A área havia sido invadida pelos grileiros Tadao Kitamukai e Benedito Rocumback, que destruíram roças, fizeram cercas e estavam comercializando vários lotes de cinco mil metros quadrados.

A União das Nações Indígenas, composta por entidades indigenistas e antropólogos, divulgou ontem um documento reivindicando a extinção da Funai e a formação de um novo órgão governamental que formule uma política "norteada pelo caráter heterogêneo do conjunto dos povos indígenas do Brasil, com plena flexibilidade para elaborar políticas particulares e adequadas à diversidade regional e local das questões indígenas".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.