VOLTAR

Ismarth tenta demonstrar sintonia com Rangel Reis

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
07 de jan de 1977

Cerca de 24 horas depois de anunciar uma política indigenista divergente em pelo menos 3 pontos da defendida pelo ministro do Interior, Rangel Reis, o general Ismarth de Araújo Oliveira, presidente da Funai, emitiu uma nota oficial negando a falta de sintonia entre as esferas governamentais.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.