VOLTAR

Invasores vão sair da reserva tembé

O Liberal
16 de jan de 1991

Depois de várias décadas lutando para ver a sua terra livre de invasores, o povo Tembé, da reserva do Alto Rio Guamá, no nordeste do Pará, parece que enfim verá resultados. Depois de anos e anos denunciando às autoridades do poder público a invasão e devastação de suas terras, parece agora estar próximo o começo da retirada dos sete mil invasores que vivem na reserva. Pelas estimativas da Funai e do Incra, ainda este ano as famílias de colonos começarão a desocupar a reserva, que só ainda não começou porque as famílias pediram um prazo para fazer a colheita de suas lavouras. Mas os técnicos da Divisão Fundiária da Funai estão convencidos de que apenas a retirada dos posseiros cadastrados não resolverá o problema das invasões. Segundo eles, é preciso instalar mais um posto indígena na região além de postos de vigilância em outros lugares estratégicos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.