VOLTAR

Invasão e saque na Área Mequém

Porantim
31 de jan de 1992

A comunidade indígena Sakurabiat do Rio Mequém, em Rondônia, foi invadida e saqueada por 26 homens fortemente armados, no dia 25 de dezembro de 1991. O índio Getúlio Sakirapé foi sequestrado pelo grupo e levou um tiro de raspão na cabeça. Formado por pistoleiros e madeireiros, o grupo invadiu a área a fim de resgatar o maquinário apreendido durante uma batida realizada pela Funai, Polícia Florestal, Cimi, Aparaí e Secretaria de Desenvolvimento Ambiental. Revoltados com o fraco empenho do administrador da Funai para resolver os problemas das comunidades indígenas do rio Mequém, cerca de 140 índios Suruí, Cinta-Larga e Sakurabiat ocuparam a delegacia da Funai no município de Cocoal.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.