VOLTAR

Invasão da Funai é mantida pelo MRI

Correio do Povo-Porto Alegre-RS
09 de dez de 2004

Índios exigem demarcação de área

Os indígenas oriundos da aldeia Rio dos Índios, localizada no município de Vicente Dutra, na divisa com Santa Catarina, que invadiram a sede regional da Funai em Passo Fundo na última segunda-feira, ameaçam aumentar a ocupação nos próximo dias, para pressionar o governo federal a demarcar a área da reserva. O alerta foi feito pelo líder do grupo de 50 adultos e 20 crianças, Augusto da Silva, do Movimento da Resistência Indígena (MRI).

O objetivo dos indígenas é levar o Ministério da Justiça a assinar a portaria de demarcação da aldeia. Augusto explicou que a área reivindicada tem cerca de 700 hectares, dos quais os índios, que totalizam 512 famílias, ocupam somente dois. Uma comissão de índios e o administrador da Funai em Passo Fundo, Neri Ribeiro, deverão viajar à Brasília nos próximos dias.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.