VOLTAR

Índios vêm de longe para viver em favelas

Diário Popular
Autor: Ana Paiva
09 de set de 1996

Quase um quarto dos 6,5 mil índios da etnia Pankararu, de Pernambuco, está vivendo em quatro favelas de São Paulo. A maior parte se concentra na favela Real Parque, no Morumbi, e os outros 700 se espalharam pelas favelas do Parque Santa Madalena, Paraisópolis e Grajaú. Expulsos de sua aldeia de origem por posseiros, eles começaram a migrar para São Paulo a partir da década de 50, se transformando em mão de obra barata.
--

Preservar a cultura fica difícil

A maior dificuldade que o povo Pankararu sente em São Paulo é a falta de condições para preservar a cultura, e sua língua já está se perdendo.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.