VOLTAR

Índios vão cortar venda de madeira

O Liberal, Belém - PA
30 de nov de 1994

Os chefes indígenas de sete aldeias kayapó no sul do Pará vão se reunir na próxima semana, na aldeia Gorotire, para decidir sobre a suspensão dos contratos ilegais firmados com garimpeiros e madeireiros, atendendo à decisão da Justiça Federal. Os Gorotire já definiram que irão paralisar os trabalhos dos garimpos do Santilo, Cumaruzinho e Maria Bonita, por estarem gerando a poluição de rios.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.