VOLTAR

Índios vão ao norte de Goiás 'matar ou morrer'

Correio Braziliense
08 de dez de 1983

Dispostos a tudo, matar ou morrer pelos seus direitos, cerca de 300 índios das nações Apinajé, Karajá, Krahô e Xerente partiram ontem, às 16hs, do posto de Ajarina (Ajudância da Funai) em Araguaína para Tocantinópolis, no intuito de tomarem as terras Apinajé.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.