VOLTAR

Índios trucidados por brancos

Folha da Tarde
19 de dez de 1968

João Américo, sertanista da Funai, que investigava o caso do massacre da expedição do padre Calleri, encontrou 60 índios Waimiri Atroari mortos, amarrados e degolados, próximo à uma cachoeíera. Este crime ocorreu a mandou de um latinfundiário amazonense, antes do massacre da expedição do padre Calleri.

Para o sertanista o motivo do massacre da expedição, pelos Waimiri Atroari, seria o medo aos homens brancos. Os índios relataram não serem bem tratados por nenhum branco, nem mesmo os trabalhadores da obra BR 174.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.