VOLTAR

Índios são trocados por funcionários da Funai

Correio Braziliense
Autor: Warner Filho
01 de jun de 1996

Posseiros de Livramento, em Garrafão do Norte (PA), uma vila encravada na reserva indígena do Alto Rio Guamá, soltaram ontem os 77 índios dos povos Tembé e Ka'apor, habitantes da reserva, que estavam sendo mantidos como reféns. A situação chegou a ficar muito tensa, a ponte de serem mandados pará lá 80 soldados da polícia militar, além de alguns outros da Polícia Civil e da Polícia Federal. Ontem, porém, foi assinado um acordo entre representantes dos posseiros, os índios, representantes da Funai e do Ibama. Segundo o acordo os índios deverão fiscalizar os posseiros para impedir a retirada de madeira, e estes concordaram em vigiar a reserva para evitar a entrada de novos invasores. Os funcionários da Funai que continuaram presos deverão ser soltos ainda hoje.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.