VOLTAR

Índios protestam no velório de Juruna

O Estado de S. Paulo (São Paulo - SP)
Autor: Renata Giraldi
19 de jul de 2002

O líder Xavante Mário Juruna será enterrado na aldeia de seus familiares, no Mato Grosso. Foi homenageado por Leonel Brizola e por indígenas de várias regiões. Após uma dança típica do povo Kaiapó o cacique Raoni discursou, criticando duramente o tratamento dispensado aos índios, chamando de descaso. Raoni pediu para que não seja criada a lei que tramita no Congresso, que regulará a mineração em terras indígenas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.