VOLTAR

Índios Pankararu fecham sede da Funai

Diário de Pernambuco
22 de fev de 1997

Ontem, às 10h30, índios Pankararu fecharam a sede da Funai em Recife, impedindo a saída de 90 funcionários. Os índios reivindicam o equivalente a R$ 298 mil para negociar com os posseiros que aceitaram sair de suas terras, em Petrolândia, e a demarcação de seus 8100 ha. O líder comunitário Gustavo Pankararu, justifica: "Não é bem refém. Ficamos com eles para poder negociar. Se não, eles esquecem, como a Funai esqueceu de nós por 40 anos".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.