VOLTAR

Índios ocupam sede da Funasa em busca de melhorias

Extra de Rondônia - http://www.extraderondonia.com.br/
29 de abr de 2010

A maior reivindicação dos indígenas é uma reforma na Casai e respeito por parte dos funcionários na hora do atendimento médico na rede pública de saúde.

Cerca de trinta índios ocuparam a sede da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para protestar contra as péssimas condições que há na Casa do Índio (Casai), falta de respeito no atendimento no Hospital Regional e exigir repasses para manutenção dos equipamentos que têm, oriundos do Governo Federal.

O representante do grupo, Alírio Mamaindê disse que até o final do protesto mais de 70 índios da redondeza estarão na sede da Funasa, em Vilhena, para exigir melhorias.

Segundo ele indígenas de pelo menos oito etnias - Mamaindê, Felipo Camarão, Samandê, Aikimã, Ante Sul, Nhambiguara, Tereno e Tubarão - são atendidos aqui em Vilhena.

"Só neste ano nove índios morreram por falta de atendimento médico, e isso não pode acontecer. Estamos apenas exigindo o que é nosso de direito, mais nada", disse.

Segundo servidores da Funasa, os índios estão nas dependências do órgão desde a última quarta-feira, 28, e entraram pacificamente.

No início da tarde de ontem, o Secretário de Saúde, Agenor de Carvalho, esteve com os índios e disse que irá atender todas as reivindicações ligadas à sua pasta.

http://www.extraderondonia.com.br/modules/geral2/item.php?itemid=168

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.