VOLTAR

Índios ocupam prédio da Funai, em Passo Fundo/RS, para obter reserva

Estado de S .Paulo-São Paulo-SP
Autor: Elder Ogliari
07 de dez de 2004

Setenta caingangues ocuparam a sede regional da Funai em Passo Fundo, no noroeste do Rio Grande do Sul, nesta segunda-feira (6), para pedir a demarcação imediata da área de Rio dos Índios, no município de Vicente Dutra, na divisa com Santa Catarina. Eles prometem ficar dentro do prédio até que o ministro da Justiça assine uma portaria criando a reserva com área próxima de mil hectares.

O MRI - Movimento de Resistência Indígena levou para a manifestação parte da comunidade de 110 pessoas que vive num terreno de dois hectares à espera da decisão do governo e algumas lideranças de outras aldeias do Estado. O coordenador do MRI, Augusto da Silva, destacou que o processo de identificação e reconhecimento da reserva já comprovou que os caingangues viviam na área até 1962, quando perderam suas terras para frentes de colonização. "Sem espaço não temos como viver", reclama.

O administrador regional da Funai, Neri Ribeiro, confirmou que a fase de comprovação dos direitos dos índios está concluída e que a decisão de criar a reserva cabe agora ao ministério. Disse também que a ocupação do prédio não prejudicou o trabalho dos funcionários porque a manifestação dos índios é pacífica.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.