VOLTAR

Índios ocupam Funasa em Boca do Acre (AM)

Amazonia.org.br
Autor: Altino Machado
11 de jul de 2007

Lideranças indígenas das etnias apurinã e jamamadi ocuparam na manhã de hoje a sede do Pólo Base do Distrito Sanitário do Alto Purus, no município de Boca do Acre, no Sul do Amazonas, para reivindicar melhorias no atendimento à saúde. Os índios exigem mudança administrativa do Pólo Base, que atualmente é dirigido por Maria de Nazaré (Nazira), além de melhorias no atendimento em suas comunidades.

As lideranças exigem, ainda, a presença do coordenador regional da Funai, Antonio Ferreira da Silva, do coordenador regional da Funasa, José Carlos Pereira Lira, além do prefeito de Boca do Acre, Antonio Iran Lima.

A equipe do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) em Boca do Acre informou que que a saúde indígena foi municipalizada em 2004, na contramão de um processo que se mostrou um fracasso em nível nacional. Segundo o Cimi, o resultado é o "estado caótico em que se encontra hoje o atendimento às populações indígenas" no país. "Embora tendo um resultado negativo, o erro da municipalização da saúde indígena foi repetido em 2005 e nos anos seguintes".

As lideranças indígenas apurinã e jamamadi exigem transparência nos repasses e gastos dos recursos do convênio da Funasa com a prefeitura de Boca do Acre. "Certamente essa transparência virá a se constituir enquanto um passo primordial para um atendimento digno a Saúde das populações indígenas do município de Boca do Acre", disse a equipe do Cimi em Boca do Acre.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.