VOLTAR

Índios mantém bloqueio a rodovia no norte do Xingu

Folha de São Paulo (São Paulo-SP)
28 de mar de 1984

Continua o impasse no limite norte do Parque do Xingu, no Mato Grosso. De um lado, o movimento indígena exige a presença do presidente da Funai, Otávio Ferreia Lima, para discutir a demarcação de uma área na margem direita do Xingu. Do outro, Otávio se omite, e prefere que o conflito seja resolvido entre os fazendeiros e as comunidades indígenas.
Os protestos das comunidades indígenas acontecem desde a construção da BR-080, que reduziu a terra indígena. Desde então, os Metyktire, subgrupo Kayapó, e os mais afetados com a redução da reserva, promovem frequentes ataques às fazendas que se instalaram na área.
Em janeiro, o cacique Raoni, dos Metyktire, esteve em Brasília, onde obteve promessas dos dirigentes da Funai, que não foram cumpridas. Em resposta, os Metyktire, liderados por Raoni e Crumari, em conjunto com guerreiros dos povos Kisêdjê, Yudjá, Panará, Ikpeng, Trumai e Kaiabi, sequestraram a balsa que serve para a travessia da BR-080, interditando a estrada.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.