VOLTAR

Índios e seringueiros selam união da floresta

A Gazeta (Rio Branco - AC)
28 de mar de 1989

A luta em torno da Amazônio uniu índios, seringueiros, ribeirinhos e colonos, abrindo assim o I Encontro dos Povos da Floresta. A trágica morte do líder Chico Mendes também foi assunto entre os participantes do evento. Neste contexto, críticas à política do então presidente José Sarney foram feitas. O bispo dom Moacyr Grechi expressou solidariedade em nome da Igreja à luta dos Povos da Floresta.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.