VOLTAR

Índios e colonos

O Liberal (Belém-PA)
Autor: Lúcio Flávio Pinto
22 de mar de 1980

Em 1972 um fazendeiro, como ele se declara, ou grileiro, como é chamado pelos seus inimigos, chegou a Boca do Acre e tomou conta de 341 mil hectares de terras, atravessadas pela BR-317. Uma parte eram terras devolutas. Outra, dos índios.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.